sábado, 13 de fevereiro de 2010


Trecho de Esperando Aviões:
(...) Cada dia que passo sem tua presença, sou um presidiário cumprindo sentença, sou um velho diário perdido na areia, esperando que você me leia (...)




Ela espera...
Na esperança de reencontrar, com o desejo de libertar,
De expressar em todos os sentidos, a paixão sentida.
Ela espera...
Solitária, porém, em companhia da lembrança,
Que permanece intocável, sobrevivendo ao desgaste,
Da ausência vivida.
Ela observa...
O tempo nublado em espaços vazios,
Os caminhos fechados, na espera... somente dela.

3 comentários:

Juliana Marise disse...

ameiii

Emilly disse...

posso ser sua parceira ve ná no meu blog http://emillylohaine.blogspot.com/ vai na link bar e vê sobre parceria quero muito sua parceira

Srta Camargo disse...

Oii Lívia! Indiquei teu blog para um selo, vai lá pegar =DD

bj
Carol

Postar um comentário