domingo, 28 de fevereiro de 2010





“Se a alma humana fosse tocada com tamanha delicadeza de uma borboleta,
tudo seria mais simples e leve como o balançar de suas asas.”
(Livia Barreto)



Por tantas noites procurei o sentido do viver,
E quase nunca encontrei, o que gostaria de saber.

Por várias tardes adormeci tentando buscar,
Nos sonhos a resposta e o lugar.

Por dias, semanas, meses e anos.
Pelo tempo que às vezes corre ao contrário.
Pelos erros e acertos encontrados.

Tudo isso acontece por um simples motivo....

Não existe o sentido do viver,se a vida não tiver sentido....
Sentido e vivido com a alma,
Vivido e valido a pena cada dia,
Cada manhã, cada momento, além do tempo.

5 comentários:

BLoG do CHARQuE disse...

Dei calote não e que minha net ta um lixo

vamo fazer uma parceria?

Ps: o poema acima dei um ctrl+ C e ctrl V e mandei de depo pra uma gata que to afim!!!
parabens pelo blog

Paulo Fernando disse...

Gostei do poema. Muito profundo. Sempre achei que não há sentido para vida. rsrs... Bjos

Vivian Pereira disse...

Temos que viver a vida intensamente, sem procurar muito o seu sentido, pois o tempo é curto e passa muito rápido...

Bjoss e ótima semana!!!

www.criatividadeenostalgia.blogspot.com
www.vieouviporai.blogspot.com

Dih disse...

Adorei...
Sentir o sentimento....muito legal mesmo!
ta de parabens!

Melhor Free disse...

Muito bom!

Postar um comentário