quinta-feira, 31 de julho de 2014





Ela caminha por uma estrada sem curvas.Em linha reta e sem parar,dando um passo de cada vez.Já neste momento ela sente a solidão lhe consumindo e a lua como sua única companhia.Um lágrima escorre pelo se rosto,fria e ácida lhe mostrando que não haverá ninguem para enxuga-lá.Ela para e vê uma árvore,e milhões de pensamentos lhe vem a cabeça.Ela senta,e a luz da lua é quem a ilumina.Ela tira da mochila um canivete,e olha para seus braços,cada cicatriz relembra um momento de dor e é ai que ela decide,novamente tira da mochila um vidro de comprimidos e vê que essa é a hora perfeita,pega seu cantil e toma todos os comprimidos até não haver mais nenhum no pote.Ela se recosta na árvore e sabe que tem pouco tempo,então começa a escrever em seus braços com o canivete o nome dela, que não lhe sai da cabeça....JEN...lembranças tomam conta de sua mente e o sangue escorre pelo seus braço...e quando ela termina a última letra,ela desfalece.

2 comentários:

rayssa de souza disse...

Linda gostei de te conhecer mais viu fiquei meio com medo gostei de voce mais essa imagem eu fiquei meio triste não gosto de corte
beijinhos viu muda o layout flor estou fazendo um sorteio de um layout lá no blog confira
http://heyraah.blogspot.com.br/2014/07/sorteio-de-um-layout.html

beijinhos

Livia Barreto disse...

vou no teu blogger ver o sorteio do layout.Obrigada pelo comentário.bjs

Postar um comentário