terça-feira, 2 de março de 2010






Você nasceu dentro de mim de repente,
de uma forma que não pude evitar.
Quando fecho os olhos,
te vejo em meu pensar,
observando cada detalhe,
cada gesto,
da beleza do teu olhar.
Você está desconstruindo,
tudo o que sempre acreditei,
derrubando paredes,
movendo pedras,
e permanecendo dentro de mim
de uma forma ardente e sedutora.
Você é alguém que eu quero,
Você é alguém que eu penso,
A todo momento, pelo resto da vida,
te quero para sempre do meu lado.

10 comentários:

bellona disse...

Lindo, amei, vou até te seguir.

Rubra disse...

Quanto romantismo!
Mas, o que me fez gostar mesmo, foi a forma de expressar o desconstruir. Acredito que isso seja muito importante para o crescimento, para nos livrarmos de velhos preceitos, dogmas... não por serem velhos, mas por existir a necessidade de inovar, de se refazer e consequentemente evoluir! Dar espaço para que o progresso, o aprendizado, o crescimento seja constante.
Derrubar paredes, mover pedras, mas permanecer ardente e sedutoramente... bem, isso é tirar o fôlego, é essa intensidade que apaixona!

esdras b disse...

Romântico, poético, ah o amor, a eterna inspiração dos apaixonados!!!

Vivian Pereira disse...

Que lindo poema Lívia!!! Bem romântico!!! Vc escreve muito bem!!! Já coloquei seu banner lá no meu cantinho.

Grande Beijo!!!

Vivian Pereira

www.criatividadeenostalgia.blogspot.com
www.vieouviporai.blogspot.com

Vivian Pereira disse...

Outra coisa que esqueci de comentar: Tá lindo a nova cara do blog!!!! Particularmente acho interessante templates com 3 colunas...

Bjosss

Marília Lage. disse...

Adorei a maneira como você escreve e dei mil voltas em seus marcadores. Ótimos textos, ótimas preferências. E... nada como está verdadeiramente apaixonado, não?! (: Meus parabéns e continue assim!

. Yuri Barichivich disse...

Ficou bom, e vejo que mudou a coluna de lado :D
Verball
Siga-nos no @BlogVerbALL

LADY DARK ANGEL disse...

nosa q declaração espeo q essa pessoa te corresponda e q vcs sejam muito felizes
bjos

Poesias-Fran.R.M disse...

Muito lindo,me emocionei,e tão estranho se apaixonar as vezes, é algo do nada, a força de um olhar, o que se pensava já não se acredita mais, pensar não mais amar tanto alguém, se enganamos e amamos muito, isso é no meu caso, mas existem vários outros sentidos. :)

Como sempre Parabéns! :D

Bjs!!!

Fabricio bezerra da guia disse...

eu gosto de poeams rapidos assim e faceis de ler.algumas coisa sé dificil de entender por que parece que foi subjetivo

Postar um comentário