quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Suicídio

A obsessão pelo suicídio é própria de quem não pode viver, nem morrer, e cuja atenção nunca se afasta dessa dupla impossibilidade
(Emil Cioran)

A ideia do suicídio é uma grande consolação: ajuda a suportar muitas noites más
(Friedrich Nietzsche)

O suicídio não é querer morrer, é querer desaparecer
(Georges Perros)

A melhor morte é aquela que nos agrada
(Henri Montherlant)

A vida é o valor máximo de que dispomos para pagar seja o que for.
E é por isso que o suicídio valoriza por extensão o que se tiver realizado.
Se escreveste um livro ou dois que não levantam grandes aplausos e desejas naturalmente que sim, mete uma bala na cabeça
(Vergílio Ferreira)

O suicídio demonstra que na vida existem males maiores do que a morte
(Francesco Orestano)

1 comentários:

Cão Pelado disse...

Interesante a reflexão dada em frases desses grandes pensadores...

Mas suicídio é a recusa do amor por si mesmo e a renúncia aos deveres de justiça e caridade para com o próximo, com as várias comunidades de que se faz parte, e com a sociedade no seu conjunto.

No seu núcleo mais profundo, o suicídio constitui uma rejeição da soberania absoluta de Deus sobre a vida e sobre a morte...

Passa lá e comenta tb:
http://caopelado.blogspot.com/

Postar um comentário